sexta-feira, 29 de abril de 2011

Física: Robô de Seringas T: 23a. Nomes: Andressa, Andreza, Anilton, Gabriela, Karine,Marina.

video

Nome: Andressa Bialeski, Andreza Moraes, Anilton Junior, Karine, Gabriela Andrade, Marina Rissotto.
Relatório de Física – Professor: Júlio Cesar.
Experimento: Robô de seringas
Objetivo: Criar um braço hidráulico, movido pela força da água, aonde uma seringa iria ‘empurrar’ a água, até a outra se mexer e então mover o braço do robô.
Procedimento: Pegamos as madeiras cortamos nos tamanhos certos, depois furamos nos pontos estratégicos, para afirmar uma na outra e para colocar as seringas, então cortamos as mangueiras colocamos na ponta da seringa, depois cortamos pedaços de um cano de PVC para colocar as seringas dentro, fixamos os canos nas madeiras, e fizemos os ajustes necessários. Depois de as seringas colocadas e as madeiras fixadas, tiramos os êmbolos de determinadas seringas e enchemos de água a seringa, colocando o êmbolo depois, e então fizemos alguns testes, e depois veio a parte estética, que foi pintura, e ajustar pequenas coisas que ficaram expostas demais.
Dados obtidos: O braço mecânico fez os seguintes movimentos: ele ergue e baixa, e gira um pouco em volta do próprio eixo. Funcionando como um guindaste.
Conclusão: Você pode obter movimento mecânico com a pressão da água dentro das seringas, por que, quando empurramos a seringa, as moléculas da água se apertam e tendem a procurar um espaço para sair, então elas levantam a êmbolos da seringa fazem o robô se mexer.  

10 comentários:

  1. Achei este trabalho muito interessante, me ajudou bastante a entender melhor o Princípio de Pascal.

    ResponderExcluir
  2. esse trabalho foi muito legal,pois o braço do robô fazia varios movimentos graças as seringas que possibilitavam o fluxo da água e também os soros que transferiam a água de uma seringa para outra, que ocasionava uma pressão dentro das seringas que estavam recebendo fluxo de água que fazia com que o êmbolo das seringas se levamtassem, ocasionando os movimentos do braço hidráulico.

    ResponderExcluir
  3. pra min foi um dos melhores experimentos por que funciona como um guindaste e nos ensinou mais sobre o principio de pascal

    ResponderExcluir
  4. Foi o trabalho que mais gostei de ver, foi bem legal e bem apresentado pelo grupo, e foi legal por que o braço do robô se mexia apenas pela força das seringas.

    ResponderExcluir
  5. Achei o trabalho bem diferente, interesante. Muito bem apresentado, e na minha opinião o que mais chamou minha atenção, e me trouxe mais um pouco de conhecimentos, sobre os principios de Pascal.

    ResponderExcluir
  6. excelente, realizaram sua tarefa com sucesso, conseguiram explicar de uma forma que todos pudessem entender os princípios de Pascal

    ResponderExcluir
  7. A pressão da água dentro das seringas fas as moléculas da água se apertam e procurar um espaço para sair, então elas levantam a êmbolos da seringa fazem o robô se mexer.

    Nome: Eduardo Vieira Pires

    ResponderExcluir
  8. esse trabalho mostrou que com seringa podemos mover coisas ou seja a pressão da seringa exprime a água formando uma força que o move.

    Vanessa Baioto

    ResponderExcluir
  9. Já esse trabalho foi o mais interessante na minha opinião, pois é o mesmo sistema utilizado na pá das escavadeiras, pois com a pressão que é exercida no êmbolo da seringa faz com que o braço se movimente. Parabéns pro grupo pois como os outros teve êxito no trabalho proposto pelo professor Julio César.

    ResponderExcluir
  10. Adorei o trabalho muito bem explicado, foi bem feito, gostei mesmo, tanto em estética como no ensinamento do trabalho, foi bem interessante, principalmente a parte que o Anilton falou do guindaste que esse tem como principio o de pascal, que só muda que hoje em dia temos motores e é bombeado a óleo, e naquela época não, mas o principio é o mesmo,., muito bom parabéns

    MARIO KASSIANO

    ResponderExcluir