segunda-feira, 2 de maio de 2011

Física: Ponte Levadiça Nomes : Giovane Mazotti, Angelo Oliveira, Amanda Pacheco, Jéssica Vitória e Stéphani Emmerich

video
Escola: Escola Estadual de Ensino Médio 9 de Maio
Nome: Giovane Mazotti,  Angelo Oliveira,  Amanda Pacheco, Jéssica Vitória e  Stéphani Emmerich
Professor: Julio César
Disciplina: Física
Turma: 23a


Ponte Levadiça


          Objetivo:
     O objetivo do trabalho proposto pelo professor na última aula era montar uma ponte levadiça hidráulica.
          Material utilizado:
     Pedaços de madeira, 2 dobradiças, papelão, 4 seringas, 2 garrotes, pregos, parafuso, serra, martelo, lixa, papelão, tinta, pincel e fita isolante.
          Procedimento:
      Foi utilizada uma tábua mais grossa e larga para fazer a base do trabalho, em seguida foi pregado um pedaço de madeira em cada extremidade formando um ângulo de 90º, sendo utilizada como colunas da ponte. Logo após isso, foi parafusado dois sarrafos de madeira com dobradiças na coluna da ponte. Pegamos duas seringas e fixamos as seringas com fita isolante nas laterais e interligamos com outras duas seringas utilizando o garrote (mangueira de soro), e colocamos um pedaço de papelão entre a seringa e a madeira lateral em ambos os lados da ponte. E finalizando o processo foi pintada. Esse foi o sistema utilizado na ponte final.
          Dados Obtidos:
    Após a construção de uma ponte tivemos que fazer outra, pois não estava esteticamente apresentável. Durante o processo de construção da segunda ponte foi notado que a seringa ao subir ela trava no parafuso da dobradiça, então foi posto um pedaço de papelão entre a seringa e a parede de madeira com o objetivo de afastar a seringa para ela  poder levantar a ponte. Utilizamos um objeto que bifurcava e conectava os garrotes, mas não deu certo, pois um lado levantava e outro não, acho que por causa do tamanho das seringas utilizadas. Depois disso optamos por utilizar 4 seringas, duas de comando e duas fixas nas laterais da ponte. Chegando ao resultado final.
           Conclusão:
    Concluímos que é possível montar uma ponte levadiça e movimentar ela utilizando a hidrostática. Segundo o princípio de Pascal, a pressão aplicada a um fluído se transmite igualmente para todas as direções, sendo assim, ao apertar o êmbolo das seringas às moléculas da água se agrupavam, ocorrendo o deslocamento hidráulico do fluido, cuja a pressão empurra o êmbolo das seringas fixadas na ponte,  ocasionando o movimento da ponte levadiça.

19 comentários:

  1. Foi um trabalho muito tri de fazer, deu trabalho, mas consegui reunir bastante informações sobre o mesmo, como por exemplo o principio de Pascal. Nós fizemos duas pontes, pois a primeira não estava esteticamente apresentável.O grupo se uniu, e com isso conseguimos atingir um resultado positivo no experimento. :D

    ResponderExcluir
  2. como o giovane disse, foi um trabalho legal de fazer, onde aprendemos coisas novas, toda a teoria do por que a ponte vai se mexer, nós tentamos fazer o esquema com 3 seringas, mas não deu certo, tivemos que fazer outro esquema com 4 para que o trabalho chegasse ao que se foi pedido

    ResponderExcluir
  3. esse trabalho ocasionou mais dificuldade do que o carrinho, que foi mais fácil de ser realizado. Mas com organização e mobilidade minha e dos demais colegas do grupo,conseguimos atingir o resultado proposto.

    ResponderExcluir
  4. Foi muito interessante
    Eles usaram 4 seringas onde as seringas A e B estavam ligadas as seringas C e D por um soro.
    Quando eles botavam pressão nas seringas A e B
    Que faziam com que o fluxo de água fosse para as seringas C e D, que estavam de baixo das juntas da ponte, fazendo o êmbolo das seringas C e D subirem, levantando os lados da ponte.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. fico muito bom depois que eles refiseram o visual da ponte e repararam as mangueiras que se foltavam na hora que exerciam pressão sobre as seringas

    ResponderExcluir
  7. Bom experimento, bem elaborado, e com um desempenho legal, foi interessante, aprendi coisas novas, coisas que nem imaginava, :D

    ResponderExcluir
  8. Foi muito legal o trabalho realizado por eles, uma maneira fácil e divertida de se compreender um pouco mais esse conteúdo de física. A primeira apresentação ja estava bom, mas tiveram que melhor o visual da ponte.

    ResponderExcluir
  9. O trabalho do grupo foi bem apresentado e elabora, quando refeito. Aprendi coisas novas, que não tinha noção, e consegui compreender melhor os principios de Pascol. Enfim, foi um trabalho bom trabalho, que me trouxe novos coenhcimentos.

    ResponderExcluir
  10. Eles fizeram um bom trabalho, sua apresentação foi muito boa, conseguiram passar o real objetivo dessa experiência

    ResponderExcluir
  11. é interessante saber que com o princípio de Pascal podemos mexer e mover as coisas usando a pressão das seringas.

    Vanessa Baioto

    ResponderExcluir
  12. A pressão da água dentro das seringas, por que, quando empurramos a seringa, as moléculas da água se apertam e tendem a procurar um espaço para sair, então elas levantam a êmbolos e fasem a ponte levantar.

    Nome: Eduardo Vieira Pires

    ResponderExcluir
  13. Foi bem elaborado o trabalho, gostei bastante, nos explicou como funciona o principio de pascal, e a partir disto tambe sei o principio básico da hidráulica de pontes levadiças.
    MARIO KASSIANO

    ResponderExcluir
  14. O trabalho ficou muito bom . Podemos ter noção após isso como se funciona o principio básico da hidráulica de pontes levadiças.

    ResponderExcluir
  15. O trabalho ficou bem legal,pude entender na prática como funciona o princípio de Pascal.E aprendi que pode ser colocado líquidos ou gases dentro das seringas e a pressão será transmitida integralmente e em todas as direções, fazendo com que a ponte se mova.

    ResponderExcluir
  16. É um trabalho muito interessante, depois que eles refizeram ficou muito melhor. Gostei bastante, parabens.
    ANDRESSA BIALESKI

    ResponderExcluir
  17. Foi um trabalho muito bem elabora do nos ensinou bastante sobre como funciona o principio de pascal, a ponte de Guaiba funciona da mesma maneira, mas ao inves de agua eles usam oleo, porem o principio é o mesmo.

    ResponderExcluir
  18. Comentario Leticia Melere: Este trabalho do grupo foi bem elaborado. Consegui realmente aprender os principios de pascal. Foi um trabalho muito interessante, e me trouxe novos conhecimentos.

    ResponderExcluir